SITUAÇÃO reconduz Manoel Batista para presidência da AGAP/PI até 2025

Sem registrar nenhum incidente – apesar da presença de uma guarnição da PM -, a eleição para renovação da diretoria da Associação de Garantia ao Atleta Profissional do Estado do Piauí (AGAP/PI) ocorreu em clima de tranquilidade. Dos 179 associados quites com suas obrigações sociais, 150 compareceram e votaram em seus candidatos de origem. No final da apuração, feita pelo presidente da Comissão Eleitoral, José Francisco da Costa Nunes (Chicuta) indicou a chapa 2 vencedora, encabeçada por Manoel Batista, que foi reconduzido à presidência da entidade até junho de 2025.

Durante a apuração dos votos com a presença do candidato da oposição Valdemar Sabino e do representante legal da situação Netão, houve algumas contestações, mas nada que impedisse o andamento do processo eleitoral. Por fim, os números oficiais: total de votantes 150, abstenção 29, votos branco zero, votos nulos 3; Chapa 2 – 68 votos e Chapa 1 – 79 votos, uma diferença de 11 votos para a vencedora. A data da posse será anunciado posteriormente.

Ao ser declarado presidente, Manoel Batista fez o seguinte agradecimento. “Agradeço a participação dos colegas que se dispuseram a comparecer a este pleito, é importante para a classe uma disputa. É legítima termos uma disputa saudável, amigável. Na realidade isso foi uma provação para o nosso trabalho de longos anos na Agap e agora estamos reafirmando, dando melhor qualidade de vida ao atleta em formação e ao cidadão. O nosso compromisso é continuar o trabalho dando as melhores condições. Estamos juntos, valeu”.

Quanto ao candidato derrotado, ele se expressou da seguinte forma: “a eleição fortaleceu a classe, pois como é sabido muita gente gostaria de ver mudança e quem ganha com isso é o próprio associado. Mas é bom esclarecer que a ausência de 29 colegas causou um grande prejuízo para a nossa chapa. Quanto ao futuro da entidade, espero que tenhamos dado uma boa contribuição para que ele (Batista) mude o modo de administrar a Agap”, disse Valdemar Sabino após o encerramento das eleições.

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário