Estadual Sub-17: em duas rodadas os técnicos Binha e Tarso são demitidos. Aníbal assume o Fluminense

Surpresa para um e consolação para o outro. Foi o que aconteceu nessa sexta-feira (31) para os treinadores Tarso e Binha que estavam no comando do Teresina e Fluminense, respectivamente, em disputa do Campeonato Estadual Sub-17. O Tarso vinha de dois jogos e foi derrotado em um e o Binha só participou de uma partida.

“Recebi um comunicado da diretoria do Teresina de que apartir daquele momento eu não fazia mais parte da comissão técnica. Fiquei surpreso, porém a gente sabe que o mundo da bola tem dessas coisas, até porque não teve nenhuma explicação a plausível que ocasionasse isso”, revelou Tarso.

No caso do Binha, ele relatou que na verdade não foi demitido e sim houve um remanejamento na comissão técnica. Ou seja, ele retorna para o Sub-15 onde já exercia o cargo e, em seu lugar no Sub-17 assume Aníbal Lemos, que até então seria o treinador do Sub-23, cuja categoria não existirá mais.

Fotos: Tribuna do Nordeste e assessoria do Fluminense

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário