Com gol de falta de Tiaguinho, Flu vence o Parnahyba e leva vantagem do empate para ser campeão 2022

Com gol de bola parada, em cobrança magistral de falta do lateral Tiaguinho, o Fluminense venceu o Parnahyba por 1 x 0 e saiu na frente no primeiro jogo da final do Campeonato Piauiense de Futebol de 2022. A partida aconteceu na tarde/noite desta quinta-feira (21) no estádio municipal Pedro Alelaf, em Parnaíba e agora o Vaqueiro que jogava por dois resultados iguais, necessita de um simples empate na partida de volta no próximo sábado (30) no Lindolfinho, para levantar o título de campeão.

Parnahyba e Fluminense promoveram um espetáculo digno de decisão, no confronto decisivo das finais do Estadual, com o Vaqueiro aproveitando um lance fatal que culminou em gol. O atacante perigoso e goleador Mário Sérgio, que passou em branco, conseguiu em contra ataque uma falta aos 37 minutos da etapa final, tempo suficiente para o lateral Tiaguinho, com perfeição, chutar forte e indefensável para o goleiro Cris, com a bola passando entre a barreira e caindo no fundo da rede.

Durante os 90 minutos, foram registrando dois lances polêmicos. O primeiro aos 43 minutos da etapa inicial, em falta cobrada de falta de Paulinho, na conclusão Isac empurra para o gol, mas o bandeira Rogério Braga anula o gol, marcando impedimento, lance bastante reclamado pelos parnaibanos, por achar que o atacante quando toca na bola estava na mesma linha no momento do lançamento.

E no segundo tempo, aos 23 minutos, Janeudo, do Fluminense invade a área, dribla Felipe Pacajus, este impede a sequência da jogada, e na dividida ocorre um empurra-empurra e na trajetória, a bola bate no antebraço sobre a linha da pequena área, o árbitro Antônio Dib que acompanha o lance, considera jogada normal, para desespero dos jogadores e banco de reserva do tricolor. Segue o jogo e fica por isso mesmo. E por ocasião dessas jogadas duvidosas e com bastante reclamação, a FFP e Ceaf estudam a possibilidade de trazer o VAR para o jogo final, no sábado (30).

Por outro lado milhares de torcedores prestigiaram o grande espetáculo futebolístico no estádio Pedro Alelaf. O borderaux registrou mais de três mil pagantes, um verdadeiro show. De parabéns a FFP pela condução do jogo e a cobertura sem nenhum registro grave antes, durante e depois do jogo.

Ficha Técnica

Parnahyba: Cris; Felipe Pacajus, Alex  Maranhão, Gilmar Bahia e Elvis; Dedê (Wender), Rafael Tchuca (Vinicius), Jeff Silva (Kaki) e Paulinho; Alan Fabrício (Alex Cabeça) e Isac. Técnico: Pedro Manta.

Fluminense: Nicolas; Gean, Ramon, Michel e Tiaguinho; Mazinho, Sapé (Juninho Quixadá), Janeudo (Elivelton) e Tarcísio (Waldir); Mário Sérgio (Lucão) e William (Júnior Prego). Técnico: Marcelo Vilar

Árbitro: Antônio Dib Moraes de Sousa; assistentes: Rogério de Oliveira Braga e Márcio Iglésias Araújo Silva; quarto árbitro: Edimar da Silva Leite; quinto árbitro: Arnaldo Araújo Silva; inspetor de campo: José Steifel de Araújo Silva.

Cartões amarelos: Alex Maranhão (Parnahyba), Tiaguinho (Fluminense)

Renda: RS 57.400,00

Público garante: 3.200

Fotos: Fluminense e FFP

LEIA TAMBÉM

Deixe um Comentário